Inspiração visual para o filme

Inspiração visual para o filme

No período de pré-produção de O Sangue, Pedro Costa e o seu amigo, o fotógrafo, Paulo Nozolino, tiraram fotografias tanto para procurar os locais como para encontrar o universo visual do filme. Uma vez que foram mais fonte de inspiração do que elementos de documentação, torna-se por vezes difícil (e até indesejável) separá-las taxativamente. Portanto, pode ser interessante ver estas imagens (à direita) em conjunto com as da secção argumento [Repérages].  Destas imagens sobressai uma atmosfera de um certo isolamento, ambientado em espaços de subúrbio e em zonas industriais. No entanto, as fotografias tiradas para os espaços do centro da cidade – a entrada dos prédios, os armazéns Grandella, os restaurantes – já têm toda uma outra vida e nitidez. Este contraste é o dos dois mundos da história: o dos jovens (Nino, Vicente e Clara) e o dos adultos (os credores e o tio).

 Se as compararmos com as imagens do filme (abaixo), podemos ver uma certa correspondência entre o ambiente de algumas das fotografias com o resultado final, como o claro enfoque no universo infantil, no ambiente de brincadeira e no espaço da escola, embora no filme só encontremos resquícios de algumas das cenas escritas no argumento passadas na escola de Nino. Mas saliente-se o plano de abertura do filme, após o genérico, com aquelas crianças a rodopiar na sala e o plano da conversa entre Clara e Nino, junto à janela da sala de aula.

As referências visuais tiveram, genericamente, em O Sangue esse potencial de agitar a imaginação e fazer mexer as ideias iniciais do realizador. No final do argumento  [Argumento] há várias imagens e indicações de mise-en-scène, que nos mostram que a intenção inicial de Pedro Costa era a história terminar com a fuga de Nino para casa à boleia de um camionista. Contudo, ao vermos o filme, e ao olhar para essa imagem do camião a afastar-se na neblina (à direita, última fotografia), apercebemo-nos que são os planos da cena inicial os que melhor correspondem a essa imagem, a inspiração fotográfica transferiu-se, neste caso, do fim para o início do filme, e em vez de ser Nino que fugido, volta para casa, é Vicente que conduz de volta para casa de madrugada (abaixo, última imagem).

Fotografias
Imagens do filme
Imagem de 'O Sangue' [59']

Imagem de 'O Sangue' [59']

Imagem de 'O Sangue' [5']

Imagem de 'O Sangue' [5']

Imagem de 'O Sangue' [35']

Imagem de 'O Sangue' [35']

Imagem de 'O Sangue' [58']

Imagem de 'O Sangue' [58']

Imagem de 'O Sangue' [65']

Imagem de 'O Sangue' [65']

Fotograma de la película 'O Sangue' [84']

Fotograma de la película 'O Sangue' [84']

Imagem de 'O Sangue' [2']

Imagem de 'O Sangue' [2']

O Sangue: Creation process